sábado, 20 de novembro de 2010

Oi!



Oi!!
Meu nome é Felicidade
Faço parte da vida daqueles que tem amigos,
pois ter amigos é ser Feliz.
Faço parte da vida daqueles que vivem cercados por pessoas como você,
pois viver assim é ser feliz!
Faço parte da vida daqueles que acreditam que ontem é passado, amanhã é futuro e hoje é uma dádiva, por isso chamado presente.
Faço parte da vida daqueles que acreditam na força do Amor, que
acreditam que para uma história bonita não há ponto final.
Eu sou casada sabiam?
Sou casada com o Tempo.
Ah! O meu marido é lindo!
Ele é responsável pela resolução
de todos os problemas.
Ele reconstrói corações, ele cura machucados,
Ele vence a Tristeza...
Juntos, eu e o Tempo tivemos três filhos:
A Amizade, a Sabedoria, e o Amor.
A Amizade é a filha mais velha.
Uma menina linda, sincera, alegre.
A Amizade brilha como o sol.
A Amizade une pessoas, pretende nunca ferir,
Sempre consolar.
A do meio é a Sabedoria, culta, íntegra,
Sempre foi mais apegada ao Pai, o Tempo.
A Sabedoria e o Tempo andam sempre juntos!
O caçula é o Amor.
Ah! como esse me dá trabalho!
É teimoso, às vezes só quer morar em um lugar...
Eu vivo dizendo:
Amor, você foi feito para morar em dois corações,
Não em apenas um.
O Amor é complexo, mas é lindo, muito lindo!
Quando ele começa a fazer estragos eu chamo logo o pai dele, o Tempo,
E aí o Tempo sai fechando todas as feridas que o Amor abriu!
Uma pessoa muito importante
me ensinou uma coisa: tudo no final sempre dá certo, e se ainda não
deu, é porque não chegou o final.
Por isso, acredite sempre na minha família.
Acredite no Tempo, na Amizade, na Sabedoria e, principalmente no Amor.
Aí, com certeza um dia, eu, a Felicidade,
baterei à sua porta !!!
Tenha Tempo para os Sonhos.
Eles conduzem sua carruagem para as Estrelas!
Tudo na vida devemos encarar como aprendizado, tudo é válido, até os momentos ruins, pois só assim conseguiremos nos edificar e evoluir cada vez mais.
(desconheço o autor.)

"Van Gogh" Mar de girasóis





sexta-feira, 19 de novembro de 2010

Consciência negra


"Tem Cor Age"


Poesias e Poemas
Temas: NEGRO

Ser negro...

Ser negro...
Não se resume à questão de pele.
Não se resume à questão dos cabelos crespos. Ser negro é...
Sentir-se negro num país miscigenado.
Assumir as suas raízes.
Ser negro é ter...
Coragem.
Atitude.
Ser negro é...
Lutar para ser igual nas diferenças.
Acreditar que não é inferior a ninguém.
Ser negro...
Ter princípios.
Valorizar a beleza.
Ser capaz.
Fazer acontecer neste país onde pessoas
ainda são influenciadas por ideias pré-concebidas.
Enfim...
Ser negro é "ser humano"!


de Robélia Aragão
Nova Soure - BA

Poesias e Poemas
Temas: NEGRO

Zumbi vive

Ouviram dos palmares o heroico brado
Nas senzalas retumbante ecoado
E o sol da liberdade que viria
Ainda que tardia
Brilhou no céu da Pátria naquele dia! O penhor dessa igualdade
Ainda que até hoje
Seja um tanto desigual
Conseguistes conquistar com braços fortes
Em teu seio
A liberdade nasceu
Cresceu e foi forjada
A ferro e fogo no peito dos homens
Que em seu nome desafiaram
A própria morte
Por aquele sonho intenso
Vívido como um raio!
E o eco do teu grito de guerra ainda zumbe
Em nossos ouvidos
E para sempre será ouvido
Enquanto um homem ou um povo
Clamar por liberdade!


de Euripedes Barbosa Ribeiro
Camaçari - BA

Poesias
Temas: NEGRO

Dia da Consciência

“Estamos em pleno mar” das desigualdades sociais,
Afundando no veleiro antigo da discriminação...
Chicoteando com os olhos os de costumes tribais
Indiferentes à fome, ao humano, aos desta nação. “Estamos em pleno mar” de conflito ideológico,
Presos à mesma corrente do orgulho e preconceito,
Distraímos no mar do ego, do ciúme e “meu” direito,
Sem notar deveres, a fome, a sede, d’outro, é lógico.
“Estamos em pleno mar” loucos no tempo, sem tempo,
Atravessamos o dia, a avenida, só a alma d’outrem não.
Descuidamos do homem porque pensamos em aumento
As crianças não terão futuro na nossa nação, nem coração.
Quando um corpo cai assustamos, só por um instante.
Esquecemos, temos que ir buscar e esmagar o porvir...
Escravizamos nosso ser, o ter, o viver, o modo elegante.
Pisamos, estupramos, abusamos da vida sem sentir.
“Estamos em pleno mar” das cotas, das notas, das mortas...
Crianças pelo crack, sem rumo, sem sina, sem nada.
Jogamos a âncora no dinheiro, no crédito, no cartão,
Na loteria, na correria, na fantasia, na depressão.
Do negro vemos pigmentação, do índio, nem a cultura,
Do branco, só a pele, do oriental, piada tradicional,
Do pobre a ignorância. Do rico achamos que o ter é a cura...
Por que mínimas diversidades, preconceitos criaram esse mal?
“E disse Deus: façamos o homem à nossa imagem”
Se formos assim, então Deus é um ser todo colorido.
Com sentimento, paixões, ilusões, vontades e amigos.
É dia de termos uma consciência que somos humanos.
Consciência que somos humanos... Humanos!
Iguais a ele, a nós, a vós, a “eu”, a “tu”, a todos.
Consciência negra, branca, indígena e das etnias.


de Daniel Rosa da Silva
Americana - SP

Poemas retirados do jornal mundo jovem  http://www.mundojovem.pucrs.br/contato.php

Fotos da Roça "Espaço da Mã".



 
06/01/2010 um dia para se lembrar - instalação da luz na roça.






Equipe que trabalhou na instalação.

Minha motoca.



Orquídea, presente da Cristina. Na primeira floração.


Ipé roxo na primeira floração.


quarta-feira, 17 de novembro de 2010

terça-feira, 16 de novembro de 2010

Viva!!!

Sem sombra de duvidas é o melhor show! Rage against the machine a espera valeu à pena! Valeu d+ RATM. Volte sempre!!! video video